O sistema de certificação Fairtrade é rigoroso, independente e alinha-se com a melhor prática de certificação dentro da sua categoria. Os nossos certificadores auditam os produtores, comerciantes e empresas para verificar o cumprimento dos nossos critérios económicos, sociais e ambientais, incluindo verificar se os produtores recebem o Preço Mínimo de Comércio Justo e o Bónus.

Através do nosso sistema de garantia, asseguramo-nos de que os nossos organismos de certificação e licenças operam de maneira eficaz e independente para defender a integridade da Marca Fairtrade. Este esquema cumpre o Código de Garantia da ISEAL, um código reconhecido internacionalmente pelas normas de sustentabilidade. Leia mais sobre o nosso sistema de garantia

A FLOCERT é o maior certificador de Comércio Justo, responsável pela certificação de todos os produtores e da maioria dos comerciantes. A FLOCERT opera um sistema de certificação transparente, independente e globalmente consistente. Além de cumprir com os requisitos de certificador de Fairtrade, está acreditado segundo a norma ISO 17065, a norma internacional líder em qualidade para certificadores de produtos.
Todos os certificadores Fairtrade cumprem os requisitos da Fairtrade International para prestadores de serviços de garantia, e são monitorizados por uma Comissão de Supervisão, que informa o Conselho da Fairtrade International.

Os certificadores têm auditores altamente qualificados, geralmente sediados nos países e regiões onde trabalham, e familiarizados com as culturas, as línguas e os sistemas legais locais. Todos os auditores são examinados quanto às suas habilidades, e recebem formação anual conforme os requisitos de Comércio Justo. A fim de garantir a competência, qualidade e credibilidade do auditor, exige-se que os certificadores de Comércio Justo Fairtrade se assegurem de que:

  • Os auditores são totalmente imparciais
  • Há uma rotação regular de auditores
  • Os honorários do auditor são pagos apenas pelo certificado
  • O relatório de auditoria está completamente documentado por questões de transparência  
Para mais informações: Consulte a FLOCERT

Auditorias de produtores

Todas as organizações de produtores, quer sejam grupos de produtores em pequena escala, plantações ou estabelecimentos de produção por contrato, devem passar por uma auditoria inicial no local antes de poderem vender produtos com certificação Fairtrade.

O tamanho das organizações de produtores de Comércio Justo Fairtrade varia imenso, desde pequenas cooperativas com uns quantos produtores até grandes plantações com centenas de trabalhadores, e grandes cooperativas com milhares de produtores. O tempo que o auditor passa no campo depende do tamanho da organização de produtores (número de membros ou trabalhadores do produtor), da sua complexidade, do número de produtos certificados que deseja vender como Comércio Justo, entre outros fatores.

Depois da auditoria física, envia-se um relatório de auditoria à FLOCERT para ser avaliado e aprovado ou para o seguimento de qualquer não conformidade identificada durante a auditoria. A FLOCERT toma a decisão de certificar, e só depois de se terem corrigido todas as eventuais não conformidades.

Após uma certificação bem-sucedida para uma organização de produtores, começa um ciclo de certificação de três anos. Ao longo desse período, levam-se normalmente cabo um máximo de duas auditorias de confirmação consoante a avaliação que a FLOCERT faça da situação individual da organização. Esta avaliação baseia-se na monitorização dos dados de rotina, inclusive os montantes auferidos e pagos (incluindo o Bónus Fairtrade), assim como a configuração da organização em causa.

Además de las auditorías regulares, FLOCERT realiza auditorías no anunciadas en cualquier momento si hay indicios de riesgo adicional, como acusaciones específicas, expansión del alcance de la certificación de la organización o riesgos específicos del producto o país.

Una auditoría de renovación se lleva a cabo durante el tercer año. Si la auditoría de renovación concluye con éxito, FLOCERT emite un nuevo certificado y comienza el siguiente ciclo de certificación de tres años.

El enfoque de Fairtrade es un equilibrio entre el rigor y el desarrollo alentador. Los organismos de certificación de Comercio Justo suspenderán o descertificarán a una organización de productores o comerciante cuando no se hayan cumplido los principales requisitos básicos; sin embargo, en general, la atención se centra en brindar a los productores de Comercio Justo Fairtrade la oportunidad de abordar los problemas y mejorar con el tiempo.

Para mais informações; Consulte o site da FLOCERT

Auditorias de comerciantes
A FLOCERT e várias organizações nacionais de Comércio Justo Fairtrade certificam os comerciantes e empresas relativamente à Norma de Comércio Justo Fairtrade. Os comerciantes e as empresas que desejam vender produtos de Comércio Justo muitas vezes recebem uma primeira "autorização de intercâmbio" temporário após uma avaliação documental e antes da sua primeira auditoria. É válida por um máximo de nove meses até se realizar a primeira auditoria formal. Isto permite aos comerciantes adquirirem um historial no sistema de Comércio Justo passível de ser auditado, e permite aos produtores usufruírem de novos compradores.

Na primeira auditoria, o auditor verifica no próprio local se todas as transações de Comércio Justo se realizaram de acordo com as Normas de Comércio Justo correspondentes.

Os ciclos de certificação e os critérios de auditoria para os produtores descritos na secção anterior também se aplicam aos comerciantes.

Para mais informações: Consulta a FLOCERT
   
Para obter mais informações sobre o sistema de garantia Fairtrade, contacte através de assurance@fairtrade.net

Para mais informações: Consulte a Fairtrade International